Tantas palavras
Dominguinhos - Chico Buarque/1983

Áudio
1ª versão*

Tantas palavras
Que eu conhecia
E já não falo mais, jamais
Tantas palavras
Que ela falava
Ditas de novo
Não são iguais

Mesmo a palavra não
Não era bem assim
E quando estava no calor da paixão
Ela falava, ai de mim
Ai de mim

Numa canção feroz
Nós inventamos palavras sem voz
Palavras ocas
Que nem nossas bocas
Ou fora de si
Minha boca
Sem que eu compreendesse
Falou frenesi
Frenesi

Nossas palavras
Que se cruzavam
Já não parecem mais casais
Hoje andam tortas
Feito uma jura
Que quer voltar atrás

Nós aprendemos
Palavras duras
Como dizer perdi, perdi
Palavras tontas
Essas palavras
Quem falou não está mais aqui

Letra cantada na trilha sonora
da novela Sabor de Mel, 1983, Ariola*


  2ª versão*
Tantas palavras
Que eu conhecia
Só por ouvir falar, falar
Tantas palavras
Que ela gostava
E repetia
Só por gostar

Não tinham tradução
Mas combinavam bem
Toda sessão ela virava uma atriz
"Give me a kiss, darling"
"Play it again"

Trocamos confissões, sons
No cinema, dublando as paixões
Movendo as bocas
Com palavras ocas
Ou fora de si
Minha boca
Sem que eu compreendesse
Falou c'est fini
C'est fini

Tantas palavras
Que eu conhecia
E já não falo mais, jamais
Quantas palavras
Que ela adorava
Saíram de cartaz

Nós aprendemos
Palavras duras
Como dizer perdi, perdi
Palavras tontas
Nossas palavras
Quem falou não está mais aqui

Letra gravada no
LP Chico Buarque, 1984*



1983 © - Marola Edições Musicais Ltda.
Todos os direitos reservados
Direitos de Execução Pública controlados pelo ECAD (AMAR) Internacional Copyright Secured

 


Veja outras músicas em ordem alfabética
Anterior
Próxima