Gota d'água

de Chico Buarque de Hollanda
e Paulo Pontes

Bibi FerreiraEm 1975, Chico escreveu com Paulo Pontes a peça Gota d'água, a partir de um projeto de Oduvaldo Viana Filho, que já havia feito uma adaptação de Medéia, de Eurípedes, para a televisão.
A tragédia urbana, em forma de poema com mais de quatro mil versos, tem como pano de fundo as agruras sofridas pelos moradores de um conjunto habitacional, a Vila do Meio-dia, e, no centro, a relação entre Joana e Jasão, um compositor popular cooptado pelo poderoso empresário Creonte. Jasão termina por largar Joana e os dois filhos para casar-se com Alma, a filha do empresário. A primeira montagem teve Bibi Ferreira no papel de Joana e a direção de Gianni Ratto.

 

Ficha Técnica

Direção geral:
Gianni Ratto
Cenários e figurinos:
Walter Bacci
Direção musical:
Dory Caymmi
Coreografia:
Luciano Luciani
Produção executiva:
Casa Grande
 

Elenco - por ordem de entrada

Bibi Ferreira:
Joana
Oswaldo Loureiro:
Creonte
Luiz Linhares:
Egeu
Roberto Bomfim:
Jasão
Bete Mendes:
Alma
Sonia Oiticica:
Corina
Carlos Leite:
Cacetão
Isolda Cresta:
Nenê
Norma Sueli:
Estela
Selma Lopes:
Zaíra
Maria Alves:
Marta
Roberto Rônei:
Boca Pequena
Isaac Bardavi:
Amorim
Geraldo Rosas:
Xulé
Angelito Melo:
Galego